Escravos do Mundo Livre

Esteta ou Asceta? Nada disso, no fundo: Divagações de um pateta...

sexta-feira, 7 de março de 2014

O valor do ontem

    As férias acabaram em meados de novembro. Outubro: nada! E novembro: nada! Como o nada nadifica, analisemos tudo: O maior, melhor, pior, mais angustiante, prazeroso, renovador e intenso acontecimento ocorreu no fim das férias: o furacão Clit! Ele foi trazido para além das férias e foi me devorando por dentro. Questionei com mais força e fé tudo que já venho questionando. Momentos ótimos e perigosos, não deram em nada. Ou serviram pra eu ter certeza que morrerei na dúvida.
    Comecei a ver Lost ainda nas férias, lá em casa. Foi se arrastando e faltam uns três episódios pra vermos agora, já que a Raphaela começou a ver na quarta temporada. O começo é muito interessante, intrigante, promissor e bem feito. Tem episódios muito bons! Vamos ver o final, depois te conto.
    Teve a auto-biografia do Lobão: 50 anos a mil. Passagens muito divertidas, outras pesadas. Conheci mais um pouco da história do rock nacional e me identifiquei mais com o Lobão, este rapaz que cometeu um dos meus discos prediletos de todos os tempos da minha vida: A vida é doce! A leitura foi ótima, rápida e em certo sentido instigante: abusos e viva o hoje como se não houvesse amanhã.
    Em algum momento, seria janeiro ou fevereiro, vi na tv uma frase adorável: "por falta de interesse o amanhã foi cancelado"!
    Nada disso importa muito, pq eu devia estar brincando agora com o Tom, mas ele está na sala vendo TV! Meu pecado, minha culpa, minha salvação...
    Não fui trabalhar hoje. Estou com o olho esquerdo muito inchado! O médico acha q é sinusite. Vai saber... Hoje é, está sendo a primeira aula de direção da rapha pelas ruas de andrelandia. Daqui a pouco ela chega contando as novidades. Antonio, está cada vez mais adorável e sedutor. Me emociono sempre ao seu lado.
    Fui nomeado caixa-executivo! Que coisa! rs Trabalho um pouco mais, ganho 700 ou 800 pilas a mais. Continuo investindo dinheiro em ações. Preciso começar a investir tempo em outras coisas. O ano novo foi no Cultural, o gabriel tocou, o gustavo foi. Acho q foi legal. O mauro se aposentou! Grande perda. Grande pessoa, apreciador de cerveja e colega de trabalho. Pra mim faz falta, pro gerente e pro banco nao sei. A menina do caixa colocou próteses de silicone. Como ela voltou das ferias nessa quarta de cinzas, ainda nao vi direito. É estranho esse tipo de intervenção. Imagina, mexer assim com o corpo. Mas a estranheza deve passar rápido, o ser humano se adapta bem as coisas, nao é? Né não? Né não?! rs
    O carnaval foi em Diamantina com os parentes e amigos dos parentes do André. Povo caloroso e cordial. O carnaval de lá merece excessos de solteiros. Estar lá por conta da luxúria nessa época deve ser sublime para os sentidos!
    Terminei de ler As Esganadas do Jô. Descobri o Instituto Mises Brasil, que está assombrando minhas noites. Comecei a ler o maravilhoso Valor do Amanhã de Giannetti! A música está parada, os filmes também. Nos próximos posts vou me lembrando de mais coisas que deveriam ficar esquecidas.

Frase de La Rochefoucauld na pag. 93 do livro de Giannetti:

"A juventude é uma longa intoxicação: ela é a razão em estado febril"

0 Comments:

Postar um comentário

A verdade dói, mas quem sabe eu ñ sou masoquista? Diz aí:

Links to this post:

Criar um link

<< Home