Escravos do Mundo Livre

Esteta ou Asceta? Nada disso, no fundo: Divagações de um pateta...

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O Moska na sopa



https://www.youtube.com/watch?v=uJzMlx6Sbg0

A vida como processo, uma obra viva sendo realizada, composta a cada dia. "A vida é a matéria prima da multiplicidade criativa" 9:19 A Rapha acabou de me ligar dando uma ideia ótima: ir ao Mariano Procópio em JF. Eu já devia ter saído daqui pra agilizar isso mas ainda estou ouvindo os bons conselhos do Moska.

Pronto
Agora que voltou tudo ao normal
Talvez você consiga ser menos rei
E um pouco mais real
Esqueça
As horas nunca andam para trás
Todo dia é dia de aprender um pouco
Do muito que a vida traz.
Mas muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louco
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouco
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero mais
Chega
Não me condene pelo seu penar
Pesos e medidas não servem
Pra ninguém poder nos comparar
Porque
Eu não pertenço ao mesmo lugar
Em que você se afunda tão raso
Não dá nem pra tentar te salvar
Porque muito pra mim é tão pouco...

Veja
A qualidade está inferior
E não é a quantidade que faz
A estrutura de um grande amor
Simplesmente seja
O que você julgar ser o melhor
Mas lembre-se que tudo que começa com muito
Pode acabar muito pior


Atividade como atividade de criar. Encontrando diferença nas repetições. 21:00 A raridade das pessoas e a beleza dos encontros através da vida. Absorvendo tudo. Ser o outro, o olhar do outroCitação ao Zelig de Wood Allen.
A identidade como uma falácia. 23:49 O equívoco de buscar a própria identidade. A cobrança que isso traz. Essa caiu como um tiro certo em mim, que tenho tido essa ideia, bem absurda de me descobrir. Ora, eu sou tudo que tenho feito e pensado, essa multiplicidade e metamorfose ambulante e talvez por isso mesmo sofredora. A questão é transformar esse sofrimento em impulso.

Fincando a vida no hoje 30:00

Objetivo x Motivo: 37:35

"dar importância para o que te move a fazer a coisa" a motivação de fazer algo centrado no fazer, no meio e não no fim  Se focar no objetivo pode ser frustrante.

49:00 como nasce uma canção: a belíssima canção composta por diversos compositores.

Indo agora passear e viver o agora com o Antônio Lucas! Lembranças...

* .. *

0 Comments:

Postar um comentário

A verdade dói, mas quem sabe eu ñ sou masoquista? Diz aí:

Links to this post:

Criar um link

<< Home