Escravos do Mundo Livre

Esteta ou Asceta? Nada disso, no fundo: Divagações de um pateta...

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

"o personagem que pressente a inautenticidade do mundo onde ele se encontra. Aquele que demonstra desdém aos papéis sociais, padrões, modelos de felicidade. É um melancólico. Pretende se reconhecer no submundo, nas ruínas, em todos os lugares que estão acabando, no erro, no suicídio, na morte."
"aquele que mantém uma relação de estranhamento e mal-estar onde vive, sentindo-se como um estrangeiro na sua própria família, trabalho ou sociedade."
http://cinegnose.blogspot.com.br/2013/07/os-mortos-sao-comunidade-que-nos-espera.html 

Não posso dizer que voltei, porque não fui pra lugar nenhum, ou fui a vários sem sair do mesmo eu. Continuo na lona, quase um ectoplasma e prisioneiro nessa zona fantasma. Coincidentemente há conexões com zumbis, les revenants (filme que assisti domingo) e aparentemente com essa ideia de estrangeiro.


"os falecidos do diretor francês acabam fazendo mais jus do que os seus antecessores ao termo “mortos-vivos”, uma vez que surgem de volta à realidade sem a autenticidade da identidade que tiveram em sua primeira existência: retornadas, estas pessoas mostram-se como cópias de si mesmas, do que foram, que só mantém uma rotina de comportamento recorrendo aos poucos registros na memória dos afazeres que mantinham enquanto “vivas”. E como as poucas manifestações afetivas são fruto deste mesmo artifício – ou seja, sentimentos reproduzidos – os “retornados” do filme francês são o que mais próximo se poderia imaginar de seres viventes sem uma “alma” – o que se percebe é que para eles tudo é indiferente, inclusive as emoções dos que estão a sua volta."
http://seteventos.com/2010/06/eles-voltaram-les-revenants-de-robin-campillo-download-filme/

Mas que situação aflita/maldita! Seria essa a indiferença que me sufoca? Por que não consigo ficar indiferente a ela?

0 Comments:

Postar um comentário

A verdade dói, mas quem sabe eu ñ sou masoquista? Diz aí:

Links to this post:

Criar um link

<< Home